Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Gato Pardo

Para quem conhece, vocês estão mais que vacinados. Vocês não conhecem isto? São maiores de idade? Trazem o vosso cartão de cidadão, boletim de vacinas e resgisto criminal? Não? Fantástico!!!

Gato Pardo

Para quem conhece, vocês estão mais que vacinados. Vocês não conhecem isto? São maiores de idade? Trazem o vosso cartão de cidadão, boletim de vacinas e resgisto criminal? Não? Fantástico!!!

Desafio

25.12.14publicado por Gato Pardo

Visto estarmos em plena época natalícia e coiso e tal, nem me tenho dado ao trabalho de consultar mails. Escapou-me este desafio proposto pela leitora Delícia da Amêndoa.

Ora vamos lá então a isto, com uns dias de atraso.

 

Árvore de natal natural ou artificial?

Com tanta luzinha, bola colorida e penduricalhos não identificados, acho que aquilo já é mais uma ogiva nuclear da antiga USSR...

 

Natal com neve ou sol?

Com whisky. Sem gelo, please.

 

Esperar pela manhã ou abrir os presentes à meia noite?

O pessoal estava tão enfrascado que nem nos lembrámos que era Natal. Já íamos na Páscoa...

 

Qual o filme que adora ver nesta altura?

Bem, hoje é dia 25 e dei por mim a ver o ET. E passados estes anos todos com tanta tecnologia, o sacana continua sem conseguir ligar para casa...

 

Cânticos de natal nos shoppings. Sim ou não?

Nim. Se não me puxarem pelo braço e me obrigarem a cantar, a coisa é suportável.

 

Qual a roupa que uso no dia de natal? Pijama ou aperalto-me?

Todo nu. Depois de 37 natais, já não tenho desses dilemas morais. Verdade seja dita, também com a piela que todos apanharam, ninguém se lembra de nada no dia seguinte.

 

Comida de natal favorita?

Feita. Vai tudo à frente.

 

O que queria receber este natal?

Sanidade mental. Ainda não foi desta...

 

Planeio antecipadamente os presentes ou é tudo à última da hora?

Tudo planeado e adquirido atempadamente. Tenho amor à pele e não quero morrer sufocado em superfícies comerciais nos últimos dias.

 

Vestes-te de Pai Natal?

Não. Mas houve um carnaval que fiz sucesso como Mãe Natal. Foi no ano que aprendi que andar de saltos altos não está no ADN masculino.

 

Música favorita de Natal?

Esta...

 

Onde passei o Natal?

Boa pergunta. Tenho parcas recordações. Se alguém souber, que me elucide...

 

 

Como habitualmente, não faço nomeações. Quem quiser, faça. Depois de recuperados da ressaca, óbvio.

 

 

2 comentários

Comentar este post